top of page
  • Foto do escritorIpê Investimentos

Conheça maneiras de investir em imóveis com pouco dinheiro

Fundos Imobiliários, LCIs, CRIs e ações de construtoras permitem entrar no mercado imobiliário com baixo capital


Vista aérea de uma cidade durante o pôr do Sol
Opções de investimento em imóveis com pouco dinheiro: Fundos Imobiliários, LCIs, CRIs e ações de construtoras | Crédito: Freepik

Não é novidade que o mercado imobiliário desempenha um papel significativo na economia brasileira. Ele movimenta recursos, atrai investimentos e gera empregos. Para muitos, investir em imóveis pode parecer uma jogada para quem tem muito dinheiro. No entanto, existem maneiras acessíveis de se aventurar nesse setor, mesmo com um orçamento mais modesto.


Esse mercado oferece algumas vantagens, dentre elas: a valorização do bem, a possibilidade de gerar uma renda passiva e a diversificação dos riscos. Além disso, algumas modalidades de investimentos contam com benefícios fiscais, como a isenção no Imposto de Renda (IR).


Alternativas para investir em imóveis com pouco dinheiro

Para quem não quer comprar um imóvel físico, o mercado financeiro oferece uma gama de alternativas. Entre elas, destacam-se os Fundos Imobiliários (FIIs), as Letras de Crédito Imobiliário (LCI), os Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI) e as ações de construtoras e incorporadoras listadas na bolsa.


Os Fundos Imobiliários têm se tornado uma opção popular de investimento. Eles funcionam como um veículo em que vários investidores aportam uma fração do patrimônio total do fundo, que é gerenciado por um gestor profissional, que investirá na construção e/ou exploração de imóveis comerciais ou produtos.


Sua principal vantagem está na sua relação com o Imposto de Renda (IR). Os rendimentos recebidos pelos cotistas, gerados a partir dos aluguéis dos imóveis do fundo, são isentos para pessoas físicas, desde que o fundo possua no mínimo 50 cotistas e suas cotas sejam negociadas exclusivamente em bolsa de valores ou mercado de balcão organizado.


Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI)

As LCIs e CRIs são alternativas para quem deseja diversificar sua carteira de Renda Fixa com aplicações no setor imobiliário. Na prática, ao investir nesses títulos, você "empresta" dinheiro para que instituições financeiras possam usá-lo em iniciativas relacionadas ao desenvolvimento de imóveis.


Assim como os FIIs, as LCIs também são isentas de IR, o que pode torná-la mais atrativa de acordo com a taxa de juros oferecida.


Ações de construtoras e incorporadoras

Outra alternativa na Renda Variável é investir em ações de construtoras e incorporadoras. Com um investimento inicial baixo, você compra ações dessas empresas e ganha com a possibilidade de valorização das cotações, além de receber os dividendos pagos pelas empresas quando da distribuição dos lucros entre os acionistas.


Investir em imóveis não precisa ser uma jogada exclusiva para grandes investidores. Com as opções disponíveis no mercado financeiro, é possível começar a investir em imóveis com pouco dinheiro e ainda colher os benefícios do setor imobiliário. Entre em contato com a Ipê Investimentos para construir seu futuro financeiro, uma assessoria de investimentos conectada ao Necton BTG Pactual. Abra sua conta e comece a investir com confiança!


3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page